SÍNDROME DA CAUDA EQÜINA DEVIDO À HÉRNIA DISCAL LOMBAR. APRESENTAÇÃO DE CASO

Carlos Umberto Pereira, Jose Anísio Santos Júnior, Urbiana Cristina Lima Santos, Débora Moura da Paixão Oliveira

Resumo


Introdução: A síndrome da cauda eqüina pode ser de causa traumática e não-traumática. A hérnia discal lombar, apesar de raro, tem sido associado, com a síndrome da cauda eqüina de origem traumática. Sua incidência é de 1% a 2% dos casos de hérnia discal, localizadas principalmente entre L4-L5. Tem sido considerada uma emergência neurocirúrgica. O tratamento cirúrgico precoce tem sido indicado e nos casos de lesão incompleta, apresenta resultados satisfatórios na maioria dos casos. Relato do caso: JMS, feminina, 56 anos de idade, doméstica. Há quatro meses iniciou com uma dor lombar de intensidade moderada e irradiada para membro inferior esquerdo. A dor vinha piorando de maneira progressiva nos dois últimos meses e não cedia mais ao uso de analgésicos simples. Exame neurológico: dificuldade na marcha livre, hipoestesia em sela, hiporreflexia osteotendinosa patelar e aquileu bilateral e distúrbios esfincterianos. Exame de ressonância magnética da coluna lombosacra: evidenciou volumosa hérnia discal lombar localizada entre L4-L5. Resultados: Devido as doenças sistêmicas associadas (DM, HAS e nefropatia secundária à HAS), foi contra-indicada cirurgia, sendo mantida em tratamento ambulatorial com repouso e fisioterapia motora. Conclusão: A síndrome da cauda eqüina encontra-se associada à hérnia discal lombar volumosa. A cirurgia precoce, quando realizada dentro das 24/48 horas do inicio dos sintomas, tem apresentado bons resultados, apesar das controvérsias existentes na literatura medica sobre o momento adequado para sua intervenção. Em nosso caso devido à evolução do quadro neurológico e das doenças sistêmicas associadas, sendo contra-indicado cirurgia pela clinica geral/anestesiologia, sendo submetida a tratamento conservador com melhora moderada do quadro neurológico.


Palavras-chave


Dor lombar; Hérnia discal; Síndrome da cauda equina; Incontinência urinária

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APOIO

 

 

Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. ISSN: 1414-0365